Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Exame toxicológico

O que é?

O exame toxicológico é exigido nos processos de habilitação, renovação ou mudança para as categorias C, D e E. Feito a partir da análise de cabelos ou pelos, visa identificar o consumo de determinadas substâncias psicoativas nos últimos 90 dias.

A emissão da CNH somente ocorrerá se o condutor tiver sido aprovado em exame toxicológico e autorizado a inclusão do resultado do exame no sistema da Secretaria Nacional de Trânsito – Senatran.

Os laudos dos exames toxicológicos não precisam ser apresentados ao médico perito durante o exame médico no CFC. Não compete ao perito a análise do resultado do exame toxicológico.

Forma de Solicitação

O consumidor deve solicitar o exame toxicológico diretamente nos laboratórios credenciados pela Senatran.


Observação: Problemas, dúvidas ou esclarecimentos sobre o exame toxicológicos devem ser resolvidos diretamente com laboratório responsável. Não compete ao DetranRS e ao CFC a realização de procedimentos relativos ao exame toxicológico. 


Onde consultar informações sobre o último Exame Toxicológico realizado?

- É possível consultar informações sobre o Exame Toxicológico na CNH Digital, no aplicativo Carteira Digital de Trânsito - CDT.

- Informações sobre o último Exame Toxicológico podem ser também consultadas pelo condutor na Central de Serviços do DetranRS.

Documentos Necessários

Ao comparecer para a realização do exame toxicológico o candidato deve apresentar documento oficial de identificação.

Prazo

O exame toxicológico deve ser realizado antes do exame médico. O prazo para realização do exame médico é de 90 dias a partir da coleta do material para exame toxicológico. E o prazo para a conclusão do serviço é de 365 dias da data do exame médico.

Os laboratórios credenciados têm até 24 horas para informar data e hora da coleta, e os resultados deverão ser registrados em até 15 dias.

Observação: se o cliente discordar do resultado do exame toxicológico, deverá solicitar junto ao laboratório responsável a realização de uma contraprova, que é a realização de um novo exame toxicológico a partir de uma amostra de cabelos ou pelos já coletada para a realização do primeiro exame. Orientamos que nos casos de discordância não seja realizado novo exame toxicológico em outro laboratório, pois a Senatran poderá não aceitar este segundo exame para serviços de habilitação.

Quanto custa?

O valor do exame toxicológico varia conforme o laboratório.

Onde pagar?

Diretamente ao laboratório. Não é permitido ao CFC ou outra empresa que sirva de intermediárioa comercialização do exame toxicológico.

Onde Fazer?

O exame toxicológico pode ser realizado na rede coletora de qualquer um dos laboratórios credenciados pela Senatran. A responsabilidade pela realização e comercialização do exame é exclusiva do laboratório responsável. 

DetranRS - em defesa da vida