Seu navegador tentou rodar um script com erro ou não há suporte para script cliente.
Detran RS
A A A
Publicação:

Viagem Segura de Dia das Mães terá três dias de fiscalização intensiva

A data registra os piores índices de violência no trânsito entre os 15 feriados e festividades em que se realiza a Operação
A data registra os piores índices de violência no trânsito entre os 15 feriados e festividades em que se realiza a Operação - Foto: Mariana Tochetto_DetranRS

Com grande movimento nas estradas, o fim de semana de Dia das Mães preocupa as autoridades de trânsito que preparam a 74ª edição da Viagem Segura. A data registra os piores índices de violência no trânsito entre os 15 feriados e festividades em que se realiza a Operação. Buscando retirar de circulação motoristas imprudentes e prevenir acidentes, a fiscalização intensiva tem início à zero hora desta sexta (12) e se estende até a meia-noite de domingo (14).

A análise estatística dos feriados e datas comemorativas de 2007 a 2016 aponta que o final de semana de Dia das Mães (incluindo a sexta-feira, quando há intenso deslocamento) tem média de 8,7 mortes por dia. A média é maior que a geral de todos os feriados (6,5) e maior até mesmo que a média dos finais de semana normais (7,2). O número representa que, nesse período, uma pessoa morreu no trânsito a cada 2 horas e 45 minutos.

Na operação do Dia das Mães de 2016, registraram-se 20 mortes nos três dias de feriado (6,7/dia). A pior média histórica foi em 2013, quando morreram 40 pessoas em três dias (13,3/dia). Análise dos acidentes nos finais de semana do Dia das Mães de 2007 a 2016 apontam que a maioria das ocorrências aconteceu no domingo, com uma média de 10,7 mortes nos últimos dez Dias das Mães. O turno da noite foi o que concentrou o maior número de mortes (38,7%).

Quanto aos locais em que ocorreram esses óbitos, destacam-se os municípios de Porto Alegre em primeiro lugar (19), Passo Fundo (12) e Canoas e (10). 64% das mortes aconteceram nas rodovias e as que têm maior número de ocorrências são as BRs 386 e 116, com 19 mortes nos dez anos, e a BR 392, com 10 ocorrências no período.

Ação educativa na rodoviária e Megablitz, em Porto Alegre

Na tarde de sexta-feira, servidores do Detran/RS, PRF, ANTT, Sest Senat, empresas do programa Transportadora da Vida e EPTC, acompanhados de integrantes do Comitê Municipal da Balada Segura de Porto Alegre, realizam ação educativa na estação rodoviária, alertando para a importância da utilização do cinto de segurança também nos ônibus. Além disso, como já é tradicional na Capital, haverá Megablitz, somando os esforços da Polícia Civil e dos agentes da Balada Segura à Viagem Segura.

Sobre a Viagem Segura

Um dos principais programas de segurança no trânsito no Estado, a Operação Viagem Segura reúne órgãos de fiscalização e instituições parceiras para prevenir acidentes nos feriados e principais datas comemorativas. Polícia Rodoviária Federal (PRF), Brigada Militar (BM), Comando Rodoviário da BM (CRBM), Detran/RS e Polícia Civil reforçam a fiscalização e promovem ações de conscientização com o apoio da ANTT, Cetran/RS, Daer, EGR, Famurs, Metroplan, SindiCRD, órgãos de trânsito municipais (EPTC, na Capital), Fecam, Setcergs e Lions Club.

Desde o feriado de Proclamação da Republica de 2011, já foram realizadas 73 operações, com mais de 4,8 milhões de veículos fiscalizados. O resultado foi a autuação de 814 mil infrações, o recolhimento de mais de 78 mil veículos e 21 mil Carteiras Nacionais de Habilitação. Foram realizados 162 mil testes de etilômetro, que registraram 14,5 mil infrações por alcoolemia, além das 1,4 mil autuações por recusa.

Compartilhe esta página:
Copiar
DETRAN-RS