Seu navegador tentou rodar um script com erro ou não há suporte para script cliente.
Detran RS
A A A
Publicação:

Estabelecimentos são interditados pela Operação Desmanche em Viamão

 


Dois estabelecimentos foram fechados e um carro em situação de roubo foi encontrado. - Foto: Thanise Melo/SSP

Na sexta-feira (17), ocorreu a trigésima quinta edição da Operação Desmanche, em Águas Claras, distrito de Viamão. Dois estabelecimentos comerciais foram vistoriados e interditados, por estarem em funcionamento sem permissão.

Durante a averiguação do entorno dos locais, foi encontrado um carro em situação de roubo. O veículo foi encaminhado pela Polícia Civil, que fará a investigação.

Os responsáveis pelos locais foram notificados pelo Detran. Cerca de 10 toneladas de sucata automotiva foram apreendidas e encaminhadas para trituração.

Em 35 edições, foram apreendidas cerca de 2.395 toneladas de sucata, 55 desmanches fechados e 40 pessoas presas. Dezoito municípios receberam edições da Operação: Eldorado do Sul, Guaíba, Porto Alegre, Portão, Gravataí, Viamão, Sapucaia do Sul, Canoas, Novo Hamburgo, Montenegro, São Sebastião do Caí, Estrela, Parobé, Esteio, Alvorada, Caxias do Sul, Capão da Canoa e Torres.

Lei dos Desmanches

A Lei Federal 12.977 (Lei dos Desmanches) entrou em vigor em 20 de agosto de 2015, com o objetivo de combater a receptação de veículos roubados. Desde esta data, somente podem atuar no comércio de peças usadas empresas registradas no Detran/RS. Essas empresas devem seguir uma série de requisitos e incluir cada uma das peças à venda no sistema informatizado, vinculando-as à nota fiscal e à placa do veículo de origem. O Rio Grande do Sul possui hoje 251 empresas de desmanches registradas.

Força-tarefa

A força-tarefa foi designada pelo governador José Ivo Sartori para atuar na fiscalização dos estabelecimentos ilegais. Cada um dos órgãos envolvidos tem uma função específica nas operações. A Secretaria da Segurança Pública coordena o trabalho do grupo e também define os alvos, através do Setor de Inteligência.

O Instituto-Geral de Perícias tem a função de identificar peças roubadas e atua na parte criminal das operações, juntamente com a Polícia Civil, que também efetua as prisões. O Detran/RS autua administrativamente as empresas e coordena todo o trabalho de apreensão da sucata e sua destinação para reciclagem. A Brigada Militar, por fim, faz a segurança de toda a operação com policiais do Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM).

Fonte: SECRETARIA DA SEGURANÇA PÚBLICA - SSP/RS

Leia a matéria no site de origem.

Compartilhe esta página:
Copiar
DETRAN-RS