Seu navegador tentou rodar um script com erro ou não há suporte para script cliente.
Detran RS
A A A
Publicação:

Batalhão do Exército de Santa Maria e Detran/RS vão colaborar para proteger motociclistas

Subtenente Tauchen, tenente-coronel Câmara e diretor-geral Ildo Szinvelski
Subtenente Tauchen, tenente-coronel Câmara e diretor-geral Ildo Szinvelski - Foto: Gabriel Rosalino_DetranRS

O aumento da acidentalidade em motocicletas envolvendo militares de Santa Maria disparou o alerta no 4° Batalhão Logístico do Exército e no Centro de Formação de Condutores Verde Oliva, no mesmo município. Buscando apoio técnico, o comandante Luiz Roberto Câmara e o subtenente Alexsandro Tauchen, diretor de ensino do CFC Verde Oliva, foram recebidos na manhã desta quinta-feira, 16, pelo diretor-geral do Detran/RS, Ildo Szinvelski, pelo diretor técnico Mauro Delvaux, pelo diretor institucional substituto, tenente-coronel André Córdova, assessores e corpo técnico.

“Em 2014, tivemos 22 acidentes de militares utilizando suas motocicletas particulares, muitas vezes se deslocando para o quartel ou do trabalho para casa. Esse número subiu para 28 em 2015 e no ano passado atingiu o patamar de 60 acidentes”, esclarece o comandante Câmara. O fato levou à criação de um projeto, a partir do Seminário pela Segurança no Trânsito realizado pelo CFC Verde Oliva em 2016. O projeto inclui levantamento de dados mais precisos em um universo que abrange, além de Santa Maria, unidades do exército em Santa Cruz, Rosário do Sul e Alegrete.  Após a coleta dos detalhes dos mais diversos aspectos dos acidentes, que será feita a partir de questionários, será realizado um estudo para nortear ações preventivas e corretivas. O Projeto Redução de Acidentes foi idealizado pelo General de Brigada Giovany Carrião de Freitas, Comandante da 6ª Brigada de Infantaria Blindada

O exército já conta com o EPAM – Estágio de Prevenção de Acidentes de Motocicletas e agora haverá uma centralização dessa e de outras ações. Com o objetivo de fomentar essas iniciativas, o Detran/RS está sendo consultado para colaborar principalmente com aspectos técnicos e metodológicos para tratamento de dados estatísticos e também para estudo de avaliação psicológica dos motociclistas envolvidos em acidentes.

O diretor-geral Ildo Szinvelski relatou que o motociclista é um dos públicos prioritários para ações preventivas da acidentalidade por parte do Detran/RS, e aproveitou a oportunidade para convidar os representantes do Exército para integrarem o Grupo de Trabalho Motociclistas, que está para iniciar suas atividades na Autarquia. Aventou ainda a possibilidade da Escola Pública de Trânsito do Detran/RS criar um curso específico para soldados motociclistas, a ser ministrado possivelmente na modalidade EAD. O objetivo é a qualificação dos militares, visando medidas prevencionistas para a redução da acidentalidade.

Compartilhe esta página:
Copiar
DETRAN-RS