Seu navegador tentou rodar um script com erro ou não há suporte para script cliente.
Detran RS
A A A
Publicação:

Maria do Rosário, flagrada na Balada Segura sem documentos, elogia operação

Ex-ministra teve se veículo recolhido. Veja abaixo a nota da deputada federal, emitida na tarde deste sábado, 11.


Maria do Rosário foi flagrada sem documentação na Balada Segura na noite desta sexta-feira, 10, em Porto Alegre. No seu Twitter, a deputada gaúcha elogiou a fiscalização da operação Balada Segura e afirmou que a lei é para todos. "Ótimo o Balada Segura ali na Cristiano Fischer. Belo trabalho! Tô buscando a filha e me pararam. Fiz teste do bafômetro: se dirijo ñ bebo!" E completou: “Blitz é ótimo pra fazer o contrário de gente metida à besta: todo mundo é igual, lei é pra todos e a fiscalização sempre tem razão”, escreveu a parlamentar na rede social. Ela foi autuada e seu veículo foi recolhido. Foto: Facebook/Reprodução/CP

A deputada federal Maria do Rosário (PT) foi flagrada sem documentação do carro que conduzia durante abordagem da operação Balada Segura na noite dessa sexta-feira.

De acordo com a ocorrência policial, a blitz ocorria na avenida Professor Cristiano Fischer no bairro Jardim do Salso, em Porto Alegre.

Ao abordarem o Citroen da deputada, os fiscais constataram que a condutora não possuía o CRLV do carro.

Ela foi autuada e o veículo, recolhido. Via twitter, a deputada gaúcha elogiou a fiscalização da operação Balada Segura e afirmou que a lei é para todos:

“Blitz é ótimo pra fazer o contrário de gente metida à besta: todo mundo é igual, lei é pra todos e a fiscalização sempre tem razão”, escreveu a parlamentar na rede social. Fonte: Portal Correio do Povo

Na tarde deste sábado, 11, Maria do Rosário emitiu também uma nota oficial sobre o caso:

"A deputada federal Maria do Rosário (PT-RS) esclarece como já havia informado no seu Twitter, que foi parada em blitz da Operação Balada Segura. Ela foi abordada ao buscar a filha adolescente em evento às 03h deste sábado ( 11 ), na Av. Cristiano Fischer.

Assim como qualquer outro cidadão acatou os procedimentos das autoridades e cumprimentou o trabalho da fiscalização. Sem portar os documentos do carro ela foi informada de que não poderia seguir com o veículo.

'Cometi o erro em esquecer a documentação. Agi como deveria. Acatei a fiscalização e punição porque mesmo sendo uma simples distração, é o que dita a Lei', comentou a deputada que zerou o teste do bafômetro por não ter ingerido bebida alcoólica".

Leia no site de origem.

Compartilhe esta página:
Copiar
DETRAN-RS